terça-feira, 17 de junho de 2014

Está tendo MUITA Copa!

Eu, como amante desse mito chamado Futebol, logicamente amo a Copa do Mundo desde que me
entendo por gente. Ver as melhores seleções do mundo, com seus melhores jogadores e suas torcidas é sensacional para muita gente - inclusive para quem não torce ao longo do ano por times. Difícil dizer, assim, o que significa para nós torcedores fanáticos e apaixonados por esse esporte - que não é apenas um esporte.


A Copa do mundo tem, inclusive, forte cunho social e cultural que muitos querem ignorar para impor seus pontos de vista. Durante a Copa, temos uma união entre países e pessoas de todos os "tipos" - parece que é quando as pessoas realmente esquecem suas diferenças superficiais e se misturam, se divertem, se unem para ver a bola rolando. Horas por dia de bom futebol, técnica, raça - e o que vale mesmo é o placar, mesmo que não nos pareça justo o resultado (aaaahh, o futebol!).

E, claro, temos a rivalidade, uma das bases que move essa paixão pelo futebol, e que, na Copa, se mostra de forma mais suave e até divertida. O torneio é um espetáculo único, apaixonante, e os que não querem se render ao mesmo não sabem o que estão perdendo.

Curtir a Copa não tem NADA A VER com ser alheio aos problemas do país. Até porque os problemas sempre existiram, mas uma pequena parcela da população resolveu agora culpar "a Copa" por tudo que sempre existiu ou deixou de existir... Ou antes da Copa nossos hospitais eram bons, o transporte maravilhoso e a educação exemplar?!
Não!! O país precisa de muitas mudanças, sim, e que devem partir de cada um e de todos juntos. E isso não é apenas nas urnas - sem jamais tirar a importância do voto consciente e livre. Mas a fiscalização, a cobrança, a educação, a coragem, a ética, a compaixão são essenciais no dia-a-dia comum para qualquer base de mudança.

Então, antes de criticar hipocritamente aqueles que estão curtindo - e que têm direito - esse espetáculo mundial, julgando-os sem saber NADA de suas vidas, as pessoas têm que procurar fazer a sua parte. Gosta de futebol? Assista e continue cumprindo seu papel de cidadão, são coisas independentes. Não gosta? Desligue a tv e vá ler um livro, ou aproveitar o tempo livre como lhe fizer bem... Simples, né? 

Fico muito feliz que, nesses primeiros dias de Copa, a NOSSA COPA esteja sendo alvo de muitos elogios, especialmente em razão do nosso povo mesmo, nossa torcida e hospitalidade. Não é só dos "seres políticos" que vive um país - o povo é o país, e temos que fazer o nosso papel e exigir que os nossos representantes façam o deles, sim, para que tudo possa funcionar.

Viva a Copa, esse espetáculo! Viva o futebol, esse esporte de união, igualdade, diversão, de alegria, e paixão... Enfim, não sei descrever o sentimento que esse “esporte” - é muito mais que futebol -  consegue despertar,  só sei que é sensacional. Que aqueles que não entendem saibam pelo menos ser menos chatos.

Saudações pentacampeãs e rumo ao HEXA!

2 comentários:

  1. Adorei o texto Rachel. Parabéns pelo bom gosto na escolha das palavras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, obrigada pelo feedback e pelo carinho! Beijo!

      Excluir